27 de julho de 2016

Mahamat-Saleh Haroun - Grigris (2013)



Chade | Mahamet-Saleh Haroun | 2013 | Drama| IMDB
Francês | Legenda: Português
101 min | 1.16 MiB
 
Sinopse:
 Grigris é um jovem de 25 anos de idade, sem movimento em uma das pernas. Apesar disso, ele sonha em se tornar dançarino. No entanto, quando seu tio contrai uma doença grave, ele abandona o sonho da dança e aceita trabalhar para traficantes de combustível para conseguir dinheiro. 
 



 

12 de julho de 2016

Mahamet-Saleh Haroun - Bye Bye África (1999)



Chade | Mahamet-Saleh Haroun | 1999 | Falso Documentário | IMDB
Francês | Legenda: Português
86 min | 986 MiB
 
Sinopse
Documentário metaficcional dramático que retrata uma versão ficcionalizada da vida do diretor, Mahamat Saleh Haroun. Após a morte de sua mãe, um cineasta que mora e trabalha na França retorna para o Chade e se choca com o estado lamentável em que seu país se encontra, assim como a indústria cinematográfica do mesmo. Ao ser questionado por membros da sua família por ter optado por uma carreira tão desvalorizada no país, Haroun utiliza uma citação de Jean-Luc Godard para se defender: "Cinema cria memórias". É então que ele decide dirigir um filme em homenagem à sua mãe, "Bye Bye Africa", mas encontra diversos problemas; os cinemas do país estão fechados e financiar o filme é uma tarefa impossível.
 
Prêmio de melhor filme estreante no Festival de Veneza 1999 
 
 



10 de maio de 2016

Mati Diop - A Thousand Suns (2013)

 
Senegal - França | Mati Diop | 2013 | Documentário | IMDB
Francês | Legenda: Português
44 min | 575.7 MiB
 
Sinopse
Magaye Niang foi o principal ator do aclamado filme senegalês dos anos 70 "A Viagem da Hiena" e hoje é um agricultor. Após a exibição de seu único filme em Dakar, Magaye relembra seu primeiro amor, que deixou o país anos atrás. 
 
Curiosidades:
A diretora, Mati Diop, é sobrinha de Djibril Diop Mambéty, diretor do filme A Viagem da Hiena. 





 Por favor, semeie! Semear é muito importante para que outras pessoas tenham acesso ao filme.
Créditos da postagem a Lu Stoker, no MakingOff.
 
 

28 de abril de 2016

Filmes da África e da Diáspora : objetos de discursos - Mahomed Bamba, Alessandra Meleiro


As obras dos cineastas africanos são valiosos objetos de estudo para pesquisadores acadêmicos. Neste livro, a partir de uma seleção desses filmes, considerados objetos estéticos e semióticos, foram elaboradas diversas reflexões teóricas sobre questões identitárias, culturais e ideológicas. Os estudos levaram em consideração a atual lógica cinematográfica e observaram questões como as novas tecnologias de armazenamento e reprodução (downloads ilegais, por exemplo).

O livro está dividido nas seguintes partes: Narrativas pós-guerra civil Angolana e Moçambicana; A onipresença da música africana em “filmes de autor” africanos; Fronteiras, margens, alteridade e experiências diaspóricas; Realismo social, cinéfila e experimentação em três filmes africanos e Imagens do corpo da mulher e figuras do “Eu” feminino em quatro filmes. Os autores são provenientes de diversas instituições de ensino superior do Brasil e outros países.
 
 
 
Fonte: BUALA

José Cardoso - Canta Meu Irmão, Ajuda-Me A Cantar (1982)

Moçambique | José Cardoso | 1982 | Documentário | IMDB
Portugues |70 min
| 996 mb
Sinopse
Documentário sobre a música moçambicana e o papel que esta desempenhou no país, redescobrindo a sua identidade nacional, após séculos de domínio colonial.
 




 
 

27 de abril de 2016

Ousmane Sembène - La noire de... (1966) (Alta definição)


Senegal | Ousmane Sembène | 1966 | Drama | IMDB
Francês | Legenda: Espanhol/Português
65 min
|3.089 GiB

La noire de... (A negra de...)
 
Do conto homônimo de Sembene, publicado em 1961, "La noire de..." conta a história de uma jovem senegalesa que vai trabalhar na França com o casal de franceses que a empregava em Dakar. Inicialmente animada com a perspectiva de conhecer a França, ela logo se vê desiludida, notando diferenças no tratamento que os patrões lhe dão. O filme trata de modo único os efeitos do colonialismo, do racismo e dos conflitos trazidos pelas identidades pós-coloniais na África e na Europa. Baseado em um caso real.


Abderrahmane Sissako - Timbuktu (2014)





Mauritânia, França | Abderrahmane Sissako | 2014 | Drama | IMDB 
Francês, Árabe, Bambara | Português | 1h 35mn | 4.372 GiB

Timbuktu

O filme retrata o cotidiano de uma pequena cidade histórica no norte de Mali que passa a ser controlada por extremistas religiosos. De um dia para o outro os moradores são obrigados a conviver com restrições às suas liberdades. Há um toque de recolher, proibição de confraternização mesmo em casa e homens passam a agir como juízes e executores. Nos deparamos com um lugar que não tolera mais a alegria e o amor.